Peru dá prazo de seis meses para Odebrecht deixar o país

unnamed

Presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski estabele prazo para a Odebrecht deixar o país: a empreiteira tem até seis meses para finalizar as atividades e negocia uma forma de saída que não prejudique os projetos em andamento.

A companhia brasileira, que atua no Peru há quase 40 anos, é investigada por atos de corrupção em dezenas de obras. No início de 2017, a Odebrecht assinou um convênio preliminar com o Ministério Público do país exigindo a colaboração com as autoridades que analisam as irregularidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s