‘POR MAIS GRAVE QUE SEJA A CRISE, NÃO SERÁ MAIS FORTE QUE NÓS’, DIZ COMANDANTE DA MARINHA

Brazilian President Temer attends the ceremony of 152th anniversary of the Riachuelo Naval Battle at the Marine Corps Headquarters in Brasilia

Em mensagem durante as comemorações do Dia da Batalha Naval do Riachuelo, o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacelar Leal Ferreira, disse que “por mais grave” que a crise se apresente, ela “não será mais forte do que nós”.

A fala do almirante foi ao lado presidente Michel Temer (PMDB), que acompanhou as comemorações no Grupamento de Fuzileiros Navais, ao mesmo tempo em que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reiniciava a sessão de julgamento da ação contra a chapa Dilma-Temer.

“Vivemos tempos difíceis e incertos”, reconheceu em sua fala o almirante. Ele, porém, pediu aos militares que mantenham “hierarquia e disciplina”.

O comandante da Marinha avisou ainda que a corporação, o Exército e a Aeronáutica “cumprirão rigorosamente os deveres constitucionais”.

O almirante, que usou sua ordem do dia para comparar o enfrentamento e a vitória do almirante Barroso na Batalha de Riachuelo com as “condições adversas” enfrentadas hoje no País, disse que é preciso “enfrentar as dificuldades do presente com coragem e determinação” diante das condições adversas, salientando que, como atrás, os problemas serão vencidos.

Ele pediu ainda que sejam mantidos os recursos para a Marinha continuar a defender o Brasil “a despeito dos problemas internos”, já que existem também problemas externos ameaçando a paz.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s