Se houver invasão na Venezuela, consultarei Conselho de Defesa Nacional e Congresso, diz Bolsonaro

BBVK6Sc

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que, se houver uma intervenção militar na Venezuela liderada pelos Estados Unidos, vai consultar o Conselho de Defesa Nacional e o Congresso para decidir como o Brasil vai proceder.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Bolsonaro fez a ressalva de que uma ação militar na Venezuela pode levar a ações de guerrilha e levar tempo demais. Ele disse que a atuação no momento do Brasil e dos Estados visa criar fissuras no Exército venezuelano para tirar o apoio dado pelos militares do país ao presidente Nicolás Maduro.

REUTERS