VÍDEO: O BATE-BOCA ENTRE SÉRGIO CABRAL E O JUIZ MARCELO BRETAS

cabral

Ex-governador cita informações sobre família do magistrado, que atende a pedido do Ministério Público e determina transferência de Cabral a presídio federal

 

Preso na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio de Janeiro, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) será transferido a um presídio federal, por decisão do juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Operação Lava Jato no Rio. Bretas decidiu mandar Cabral a um presídio do sistema penitenciário federal, cujas unidades são mais rígidas que as estaduais, depois de um bate-boca com o peemedebista em uma audiência nesta segunda-feira.

Interrogado no processo em que é réu sob a suspeita de ter lavado dinheiro de corrupção por meio da compra de joias em joalherias de grife, Sérgio Cabral tentava argumentar com o magistrado, que já o condenou em duas ações penais, por que “não se lava dinheiro comprando joias”.

Ao dirigir-se ao juiz federal, no entanto, Cabral citou informações pessoais de Bretas. “Vossa excelência tem relativo conhecimento sobre o assunto porque sua família mexe com bijuterias, se não me engano é a maior empresa de bijuterias do Estado”, afirmou o ex-governador. “São as informações que me chegaram”, completou.

O juiz, em seguida, repreendeu o peemedebista. “Não quero que o senhor conte o histórico da minha família, nem estou interessado em saber o que o senhor conseguiu descobrir a meu respeito”, respondeu Marcelo Bretas, decidido a mudar a condução do interrogatório e a fazer perguntas ao réu.

Assista

Veja

Anúncios