Morte de Marisa Letícia

gbsbolrgs7rd76f8bdpaaw_r

A família do ex-presidente Lula anunciou, em sua página oficial do Facebook, que foi autorizada a doação de órgãos da ex-primeira-dama Marisa Letícia, de 66 anos, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no último dia 24. Nesta quarta-feira (1º), seu estado de saúde piorou e médicos constataram que ela não tinha mais fluxo cerebral.

”A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos”, diz o post, na rede social.

Na manhã desta quinta-feira (2), um exame de dopler transcraniano foi realizadono Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde ela foi internada, e constatou não haver atividade cerebral na ex-primeira-dama.

Com base neste exame, o ex-presidente Lula autorizou a doação de órgãos do corpo da mulher.

Na noite de quarta-feira (1º), o médico Roberto Kalil Filho, afirmou que era irreversível o quadro da ex-primeira-dama. Por volta das 21 horas, a equipe médica informou que as duas horas anteriores tinham sido “dramáticas” e que o quadro é “gravíssimo”.

Segundo os médicos, o cérebro de Marisa apresenta inchaço. Ao longo do dia ela teve diversas ocorrências de vasoespasmos, quando a artéria se fecha e impede o fluxo de sangue na região.

Na terça-feira (31), os sedativos que a deixavam em coma induzido haviam sido retirados, mas, diante da piora do estado de saúde, o uso dos medicamentos foi retomado.

Desde o início da tarde, Marisa passou a sofrer anisocoria, quando as pupilas se dilatam, sintoma de falta de sangue no cérebro.

Em 2016, a ex-primeira dama viu seu nome envolvido nas investigações da Operação Lava Jato. Tornou-se ré nas investigações após a Justiça acatar a denúncia do Ministério Público Federal contra ela e Lula no caso do triplex no Guarujá (SP). Mesmo aceitando a denúncia, o juiz Sérgio Moro “lamentou” as acusações envolvendo Marisa Letícia. Segundo o juiz, há dúvidas se a esposa de Lula tinha conhecimento dos supostos crimes envolvendo acertos de propina no esquema da Petrobras.

* Com informações da Agência Brasil 

 

Anúncios