Na Folha: Ministros do STF podem forçar votação para pautar prisão após 2ª instância

carmen-1-600x399

Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) contrários à prisão depois da condenação em 2ª instância discutiam a possibilidade de um deles levantar questão de ordem pedindo a Cármen Lúcia que faça votação para decidir se o tema entra em pauta.

QUEM SE HABILITA

O problema é que nenhum dos magistrados se mostrava disposto, até a quarta-feira (14), a assumir o protagonismo no processo.

CORDA

Ministros acreditam que Edson Fachin, relator do caso de Lula, já avançou o máximo possível para levar o habeas corpus a votação: pediu que ele seja colocado em pauta e já distribuiu o relatório, dando acesso a todos os ministros. Seria até mais do que levar um caso “em mesa”.

Leia a íntegra no site da Folha de S. Paulo.

Anúncios